Os riscos que o uso de viagra traz aos jovens

Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes
Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes

A famosa pílula azul, conhecida popularmente como viagra, por vezes é consumida de forma errônea, afirma o médico Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes. O Citrato de sildenafila ou apenas sildenafil é uma fórmula que atua na dilatação dos vasos sanguíneos e dessa forma tornando mais fácil a irrigação de sangue para o pênis.

Como dito, o medicamento é capaz de dilatar os vasos sanguíneos, favorecendo, dessa maneira, a ereção. O fármaco é indicado para homens que possuem certo grau de dificuldade na ereção ou de simplesmente mantê-la, contudo o uso contínuo e desenfreado pode acarretar em efeitos colaterais sérios.

O uso a longo prazo e de forma demasiada do viagra pode gerar inúmeros problemas de saúde comprometendo a visão, estudos revelam danos até mesmo na audição, bem como problemas cardíacos, alerta o Dr. Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes sobre o uso exagerado do medicamento.

Além dos problemas acima mencionados, dependências de caráter psicológico também podem ser geradas, condição em que há um efeito placebo aos homens que, na verdade, não possuem nenhum problema, sendo uma consequência de caráter totalmente psicológico.

O que ocorre é que, por vezes, há a insegurança por parte dos jovens em relação ao desempenho sexual, e por isso tomam o medicamento visando uma ereção prolongada, porém esse uso descontrolado como já mencionado, traz danos à saúde, afirma o Dr. Marco Antonio Quesada Ribeiro Fortes, mestre e doutor em urologia pela Universidade de São Paulo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui