Um jeito instigante para crianças aprenderem sobre o corpo humano

Como fazer crianças a partir de 11 anos se interessarem por ciência e pela biologia do corpo humano? Ora, contando seus bastidores espantosos (e podres) com bom humor, muitos dados e explicações superdidáticas.

Esse é o espírito da coleção Saber Horrível, escrita por Nick Arnold e ilustrada por Tony De Saulles, que ganha nova edição da Melhoramentos. Eis uma amostra do que o público infantojuvenil vai encontrar no livro Digestão Nojenta: “No cuspe existem alguns ingredientes nojentos, como o muco […] E então entram as bactérias. Sua saliva fervilha de germes. Na realidade, devem existir 100 000 000 de bactérias na sua boca…”.

Nessa pegada, os autores mostram como o organismo funciona, o que nos protege e nos adoece e de que forma os cientistas descobriram tudo isso ao longo dos séculos — e tem muita coisa estranha para contar!

<span class="hidden">–</span>Foto: Melhoramentos/Divulgação

Digestão Nojenta
Autores: Nick Arnold e Tony De Saulles
Editora: Melhoramentos
Páginas: 160

Conheça livros indicados por VEJA SAÚDE em Leitura Saudável!